Sexta Consulta com o Pediatra – 5 meses de vida

Alimentação

Leite materno em livre demanda, ou seja, a hora que o bebê quiser, ele deve mamar.
Para os bebês que necessitam, fórmula alimentar adequada para cada paciente.
Não precisam de água nem chá até o 6º mês de vida.
Agora com 5 meses ele diminui a freqüência das mamadas, com maior intervalo.

Vacinas

Segunda dose da vacina contra a Meningite C - SUS- 1 picada

Particular: Meningo B + Meningo  ACWY - 2 picadas

O que o meu bebê já faz?

Busca o objeto colocado a sua frente, tenta alcançá-lo, pega-o.
Pega os objetos e leva-os até a boca para explorá-los.
Ele já tem interesse por outros alimentos, mas só precisa do leite materno e/ou fórmula adequada para a idade até o sexto mês.






Escuta e vira-se procurando o som.
De barriga pra cima, consegue virar de barriga para baixo.
Tronco firme inclina-se para frente.
Fica sentado com apoio das mãos, mas tomba.
Pega o pé.

Sono

15h por dia. A noite 10h e mais ou menos 3 sonecas durante o dia. Ter rotina para o sono. Não deixá-lo dormir no colo. Colocá-lo acordado no berço e fazê-lo adormecer ali, pois se ele despertar ele estará no mesmo local onde adormeceu e não se assustará (choro). A criança pode dormir no mesmo quarto que os pais, mas no berço, e nunca na cama com o casal. Sempre de barriga para cima e sem objetos no berço. Nessa fase ele já consegue se acomodar no berço da forma que prefere. Cuidado com quedas.

Xixi e Coco

Mais de 6 fraldas ao dia, sinal de boa hidratação (pega bem o seio), boa ingestão.
Sempre limpar da frente (genitais) para trás (ânus) com algodão, sabão neutro infantil e água morna. Lenço umedecido só em caso de ter que sair de casa, dê preferência para os indicados para RN. Você pode colocar um espelho do lado do trocador, assim o bebê se diverte olhando no espelho e a longo prazo ira se reconhecer.

O que fazer para o meu filho ter um bom desenvolvimento físico, emocional e intelectual?

Colocar o bebê sentado, cercado por almofadas, dentro de uma bóia ou pneu, mantendo as costas bem eretas.
Segurar o bebê pelas axilas e colocá-lo de pé por curtos períodos.
Dar brinquedos para que o bebê possa pegá-los com as mãos.
Deixar brincar com cubos e caixinhas pequenas.
Ajudar o bebê a rolar usando uma toalha.
Dar mordedores ao bebê.
Estimular o bebê a bater palmas.
Cantarolar e falar sempre com o bebê.
Começar a contar ao bebê o que você está fazendo.

Como ler para o Bebê? 

Representar com gestos ou a voz a figura que estive mostrando. Imite os sons que o bebê faz e observe sua reação. Apontar as figuras que estão no livro e dizer em voz alta o nome daquilo para o qual o bebê estiver olhando. Virar as paginas de acordo com o interesse do bebê.


Alertas de Segurança para o bebê de 5 meses

Quedas (cama, trocador, colo, carrinho e poltronas)
Queimaduras (banho, cigarro, líquidos quentes)
Sufocação (dormir de barriga para baixo, enrolar cordão ou prendedor de chupeta em volta do pescoço, pequenos brinquedos, entre o espaço do colchão e o berço quando o colchão é do tamanho incorreto)
Intoxicações (medicamentos em doses erradas, substâncias tóxicas- naftalina)
Não deixe cães e/ou animais domésticos perto do bebê – pode ser perigoso.
Prefira termômetro digital pois o de mercúrio quebra fácil e é tóxico
Não utilize talco, pois há risco de sufocação.
Mobílias e equipamentos para o bebê devem conter certificação pelo Inmetro e ABNT.
Transporte adequado no carro, usar bebê conforto adequada para cada faixa etária, conforme anexo abaixo.

Desenvolvimento e Segurança

Necessitam de supervisão constante, deixar fora do alcance: objetos pontiagudos, cortantes, que destacam partes, medicamentos, produtos de uso domiciliar.
Nessa faixa etária existe risco de aspiração (corpo estranho), queimaduras, choque elétrico, afogamentos, quedas, contusões e intoxicações. Para prevenir deve-se verificar a temperatura do banho e mamadeira, não usar talco, amamentar sempre no colo, ajustar os lençóis sempre sob o colchão do berço, não medicar sem receita. Usar protetor de tomadas.
Usar bebê conforto ou conversível de costas para o movimento do veículo e preso pelo cinto de segurança.





Bibliografia: Sociedade Brasileira de Pediatria